Conectividade

A utilização de novas tecnologias, baseadas em interfaces web e a evolução das aplicações, ao aliar multimídia às necessidades organizacionais, resultam em constante necessidade de aumento e atualização de capacidade nas infraestruturas de comunicação.

Gerenciamento inteligente de IPs (IPAM – Internet Protocol address management) é uma solução de planejamento, acompanhamento, controle e gerenciamento de endereços do Protocolo Internet em uma rede. Geralmente, ferramentas como DNS e DHCP são usadas para executar esta tarefa e o IPAM aglutina esses serviços para que cada alteração feita por um ou outro (DNS e DHCP) sejam reconhecida pelo outro. As funcionalidades adicionais como controle de reservas em DHCP, bem como outros dados de agregação e relatórios são ferramentas cada vez mais importante à medida que novas redes IPv6 são implantadas, devido as diferentes técnicas de sub-redes, mais complexas, que não são tão facilmente legível como endereços IPv4. Redes IPv6, computação móvel (Tablets, SmartPhones e etc.) e “multihoming” implicam em uma gestão mais dinâmica dos endereços IP, o que está causando obsolescência de planilhas que comumente são usadas para o gerenciamento de endereços IP (IPV4).

Fabricantes:

Redes sem Fio (WIFI – Wireless LAN) são capazes de prover segurança e performance com confiabilidadade semelhante às redes cabeadas tradicionais e com potencial redução de custos, tornando-se uma opção viável e atualmente adotada por milhares de grandes empresas no mundo, em aplicações de missão crítica, salas de aula, aplicações médicas sensíveis e industriais. Os serviços disponíveis aos clientes sem fio tornam-se acessíveis através de pontos de acesso muito simples e de baixo custo os quais transferem o tráfego dos clientes sem fio para arquiteturas baseadas em controladoras ou diretamente comectados a internet, através de túneis lógicos seguros que operam sobre qualquer rede baseada em TCP/IP, provendo extrema segurança para a transmissão das informações.

Fabricantes:

Roteador é um dispositivo utilizado para comutação de protocolos, para comunicação entre diferentes ambientes de redes provendo a comunicação entre os equipamentos distantes entre si sempre procurando escolher o melhor caminho possível na rede para uma melhor performance. São dispositivos que operam na camada 3 do modelo OSI de referência. A principal característica desses equipamentos é selecionar a rota mais apropriada para encaminhar os pacotes recebidos. Ou seja, escolher o melhor caminho disponível na rede para um determinado destino.

Fabricantes:

Switch é um dispositivo utilizado em redes de computadores para reencaminhar módulos (frames) entre diversos ativos. A tecnologia permite a criação de VLANS proporcionando que rede gerenciada será divida em menores segmentos. Os dispositivos identificam cada porta e envia os pacotes somente para a porta destino, evitando assim que outros nós recebam os pacotes.

Fabricantes:

 

WordPress Appliance - Powered by TurnKey Linux